4.10.16

Bolo de yogurte com cacau


Trata-se de um bolo muito simples de fazer e não muito doce.

Ingredientes:
4 colheres de sopa de cacau
4 ovos inteiros
1 yogurte natural sem ser açucarado
2/3 (dois terços) de copo de yogurte de óleo
1 colher de sopa de fermento royal (rasa)
2 copos de yogurte de farinha
2 copos de yogurte de açúcar (mal medido)

Bater os ovos com o açúcar, adicionar o óleo, depois o yogurte e por fim a farinha com o fermento e o cacau. Bater tudo muito bem e colocar em forma de buraco untada e enfarinhada. Levar ao forno pré-aquecido a 160ºC, retirar o bolo do forno quando o palito sair limpo (ter o cuidado de não deixar secar muito o bolo).

nota: por vezes substituo parte do óleo por mais yogurte ou quark (queijo fresco batido). Também substituo parte do açúcar branco por açúcar amarelo.


26.2.16

Bolo simples de nata

Ingredientes:
2 chávenas de chá de farinha de trigo sem fermento
1 chávena de chá de farinha maizena
4 ovos grandes
1 pacote de natas
1 colher sopa rasa de fermento royal
2 chávenas de chá (mal cheias) de açúcar
1 chávena de chá de leite

Misturar todos os ingredientes com a batedeira (ter em atenção de misturar previamente o fermento com a farinha). Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha. Levar ao forno a 160º C cerca de 45 minutos. Retirar mal o palito saia limpo (caso contrário o bolo fica muito seco).

12.10.14

Bolo de Maçãs com Nozes


Ingredientes:
4 ovos
150 g + 2 colheres de sopa de açúcar
1 dl de óleo
3 maçãs reinetas grandes
150 g de nozes
2 colheres de sopa de canela
0,5 dl de vinho do Porto
200 g de farinha
1 colher de sobremesa de fermento em pó
margarina e farinha para untar forma

    Bata as gemas com os 150 g de açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. Adicione o óleo e continue a bater.
Entretanto, descasque e corte as maçãs em cubos (não muito pequenos) e misture-as com as nozes grosseiramente picadas e com o restante açúcar e 1 colher de sopa de canela.
Junte o vinho do Porto à massa e misture bem. Bata as claras em castelo bem firme e adicione cuidadosamente à massa, alternando com a farinha, previamente peneirada com o fermento e a restante canela. Por fim junte à massa a mistura de maçãs e nozes e deite tudo numa forma sem buraco, previamente untada com margarina e polvilhada com farinha. Coza em forno moderado (200 °C) durante cerca de 40 minutos.     

10.1.14

Doce de Abóbora

Gosto muito de doce de abóbora, o melhor que comi até hoje foi feito pela D. Manuela Campante. Era um mês de setembro, e estávamos de férias na praia da Consolação. Na década de 80 a construção ainda era pouca naquela praia, algumas casas, muitas delas com quintal onde era comum haver uma horta. Eu e as minhas amigas resolvemos "apanhar" uma bela abóbora que não nos pertencia e levar para casa de uma delas. A D. Manuela fez um belo doce, acho até, que foi a primeira vez que experimentei doce de abóbora. Já tentei fazer algumas receitas, mas esta talvez seja a que me parece mais parecida com a que experimentei há muitos anos. Vale a pena comer um belo requeijão de Seia acompanhado por este doce.

Ingredientes:
2 Kg de abóbora menina já descascada
1 Kg de açúcar branco
1 pau de canela

Coloque a abóbora cortada em pedaços pequenos num recipiente, adicione o açúcar e deixe macerar durante algumas horas até o açúcar derreter. Coloque tudo numa panela, acrescente o pau de canela e leve ao lume (brando) e vá mexendo com alguma frequência. Deixe a abóbora cozer muito bem até começar a desfazer-se, retire um pouco de doce para um prato e veja se faz "ponto estrada", se sim, desligue o lume. Retire o pau de canela e o doce está pronto, poderá triturar a abóbora com a varinha mágica (como fiz) ou deixar assim mesmo. 



2.12.13

Bolo para o aniversário da minha amiga B.



 
200 gr de açúcar
120 gr de farinha sem fermento
6 ovos grandes
4 pás de palito de fermento em pó Royal
 
Bater muito bem as gemas com o açúcar até ficar esbranquiçado e engrossarem. Adiciona-se a farinha com o fermento a pouco e pouco, batendo sempre. Batem-se as claras em castelo com uma pitada de sal. Envolvem-se as claras na massa com muito cuidado. Unta-se um tabuleiro grande (26cmx41cm) com margarina e polvilhado com farinha. Coloca-se a massa e vai ao forno a 160ºC cerca de 15 minutos (ter atenção que a massa fica pouco dourada, mal saia limpo o palito retira-se a massa do forno e desenforma-se para o prato definitivo.
 
Fazer agora o recheio:
300 ml de leite gordo ou meio gordo
2 colheres de sopa bem cheias de manteiga
2 colheres de sopa bem cheias de cacau em pó
2 colheres de sopa cheias de farinha maizena diluídas em 50 ml de leite
meia chávena de açúcar (chávena de 300 ml)
 
Levar estes ingredientes ao lume, mexendo sempre até ficar um creme espesso.
Cobrir a massa com este creme.
Voltar a fazer mais um tabuleiro de massa e desenforme sobre o recheio depois deste estar já frio.
 
Cobertura:
2 pacotes de natas (creme de leite, 200 ml cada pacote)
1 tablete e meia de chocolate negro (cerca de 70% de cacau) cerca de 300 gr
cerca de 100 gr de manteiga
Partir o chocolate em pedaços, leva-se tudo num tacho a lume brando
mexendo sempre. Cobre-se o bolo com este creme. Depois de frio polvilhar com avelã triturada bem fina. Caso queira pode colocar ainda frutos vermelhos a decorar.
 
nota: a quantidade indicada para a massa serve apenas para fazer um dos tabuleiros.



11.11.13

Doces para o Natal



7.11.13

Natal